Geral | Quinta-Feira, 25 de Março de 2021 às 15:28h(47 visualizações)

Bandeira vermelha patamar 2 deve aumentar 21% segundo a Aneel



O valor dos adicionais das bandeiras tarifárias deve sofrer alterações no período 2021/ 2022. A bandeira amarela terá redução de 26% e vai passar de R$ 1,343 para R$ 0,996 a cada 100 kWh consumidos. A vermelha patamar 1 vai aumentar 10%, passando de R$ 4,169 para R$ 4,599, enquanto a vermelha 2 sofrerá correção ainda maior, de 21%, subindo de R$ 6,243 para R$ 7,571 a cada 100 kWh.

A revisão dos adicionais e das faixas de acionamento das bandeiras tarifárias nos próximos dois anos foi proposta pela Agência Nacional de Energia Elétrica. A Aneel vai abrir consulta pública nesta quarta-feira, 24 de março, para discutir a alteração nos valores pagos pelo consumidor cativo, sempre que há elevação no custo de geração de energia.

A última revisão dos valores das bandeiras foi feita em 2019. Em 2020 não foi aprovada nenhuma alteração, e a agência manteve a bandeira verde de junho a novembro, usando para isso recursos do empréstimo da Conta-Covid. A verde é a única faixa em que não há custo adicional na conta de energia.

Segundo a Aneel, o aumento da diferença entre os valores das bandeiras amarela e vermelha é explicado, entre outros pontos, pelo aumento de valor dos insumos das usinas termelétricas, principalmente petróleo, que tem o preço atrelado ao dólar e oscila de acordo com cotações internacionais. As contribuições à consulta pública poderão ser feitas até 7 de maio pelo e-mail [email protected].

 

Fonte: Canal Energia

Fonte: Edevaldo Stacke/Ascom Creluz

Imagens


Compartilhar

Voltar ao topo